Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019
Política
18/06/2019 12:01:00
Bolsonaro exonera Marcos Derzi do comando da Sudeco
De Mato Grosso do Sul, superintendente estava no cargo federal há pouco mais de um ano

Midiamax/PCS

Imprimir
Marcos Derzi, à direita na foto, ao lado do ex-senador Pedro Chaves (Foto: Arquivo pessoal)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) demitiu Marcos Derzi do cargo de superintendente da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste). A exoneração foi publicada nesta terça-feira (dia 18) no Diário Oficial da União.

Derzi assumiu o posto em abril de 2018, após indicação do então senador Pedro Chaves, que hoje é responsável pelo escritório de representação do Governo de Mato Grosso do Sul, em Brasília. Na época, o ex-senador afirmou que era importante manter o comando da instituição “nas mãos” do Estado e que Derzi tem qualificação para assumir o cargo. A reportagem ligou para Chaves, mas as ligações não foram atendidas.

Na época, a indicação do ex-superintendente foi referendada pelo então ministro de Governo na gestão de Michel Temer (MDB), Carlos Marun. Na publicação de hoje, Bolsonaro nomeia Nelson Vieira Fraga Filho para substituir Derzi. Em consulta a seu nome, aparece que o novo chefe atuou com o ex-senador Waldemir Moka (MDB)

Entre as atribuições da Sudeco, está a administração do FCO (Fundo do Centro-Oeste) que financia empreendimentos industriais, empresariais e agropecuários nos estados da região.

Ontem, outro nome de MS foi demitido. O advogado Marcos Barbosa Pinto perdeu o cargo no governo de Jair Bolsonaro após receber ‘rótulo de esquerda’.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias