Domingo, 19 de Setembro de 2021
Política
04/08/2021 16:35:00
Salette deixa secretaria de Saúde de Coxim a pedido do PSDB

Sheila Forato

Imprimir
Salette comandou Saúde por sete meses (Foto: Arquivo-Augusto Marques-PMC)

Nesta quarta-feira (4), Salette Aparecida Bell de Souza deixou a secretaria de Saúde de Coxim. O nome que vai substituir a farmacêutica ainda não foi definido e deve ser divulgado ainda nesta semana, pois uma das secretarias mais importantes não pode ficar sem comando, principalmente numa pandemia, como a de Coronavírus (Covid-19).

A exoneração de Salette ainda não foi publicada no Diário Oficial, porém, na secretaria o clima foi de despedida. Ao deixar o prédio, a farmacêutica recebeu carinho dos servidores, agradeceu o apoio que teve nos sete meses frente à pasta e alfinetou: “Honestidade e política não andam juntas”. Há quem aposte que o recado foi para os tucanos.

Oficialmente, ninguém assume, mas, a demissão de Salette acontece a pedido do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), que tem o vice-prefeito Flávio Dias como uma das principais lideranças, assim como William Meira, presidente da Câmara Municipal. No início da semana, o pedido de exoneração feito pelos tucanos foi assumido durante uma reunião com vereadores.

Ao fechar apoio à candidatura do prefeito Edilson Magro (DEM), o PSDB exigiu a vaga de vice e a secretaria de Saúde. O prefeito aguarda indicação do partido para nomear um novo ou nova secretária de Saúde. Entretanto, a escolha também deve passar pela avaliação de Edilson. Um nome que tem sido cogitado, nos bastidores, é de Leila Kohl, mas, não se sabe se ela seria indicada pelo PSDB.

Apesar da dificuldade que os políticos tem em falar dos acordos firmados, eles são construídos com objetivo de ganhar uma eleição. No caso em questão, não compensa para o prefeito romper com o PSDB, que está no comando do governo do Estado e pode dificultar a vida de Coxim, travando viabilização e liberação de recursos, obras, convênios, entre outros.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias